IMG-20210212-WA0003.jpg

projetos

aquilombamentos

"o quilombo passou a ser sinônimo de povo negro, sinônimo de comportamento donegro e esperança para uma melhor sociedade. Passou a ser sede interior e exterior de todas as formas de resistência cultural. Tudo, de atitude à associação, seria quilombo, desde que buscasse maior valorização da herança negra"

Beatriz Nascimento, Jornal IDE. No. 12. SBP, São Paulo. Dezembro, 1986, p. 8.

o que fazemos

Operamos em diversas frentes, transmitindo fundamentos tradicionais de Matriz Africana em diálogo com as diferentes formas de (re)construção e (re)significação das referências afrobrasileiras na comunidade, o que materializa o  nosso pertencimento identitário. Propomos atividades abertas ao público interagindo com múltiplas linguagens, formas e expressões, entre elas: 

  • Religiosidade do Candomblé Jeje

  • Saberes ancestrais: oficinas de gastronomia, ervas medicinais e remédios caseiros.

  • Valorização identitária: oficinas costura de roupas religiosas e étnicas, oficinas estéticas (trança e maquiagem), oficinas de sexualidade e palestra de auto reconhecimento.

  • Afrocentrismo cultural: oficinas culturais de capoeira, percussão, construção de instrumentos,  dança afro.

  • Aquilombamentos: formações, encontros, reuniões do movimento negro regional, residências, palestras, seminários, visitas  e ações educativas. 

  • Manejo consciente do Território: plantio de alimentos agroecológicos e orgânicos, sistemas agroflorestais e bioconstrução. A foto abaixo mostra o multirão para construir nossa casa de adobe, que agora precisa se finalizada com o teto antes que a chuva danifique ainda mais sua estrutura.

17882031200031738.jpg